Torres de Bolonha, próximas do céu

Torres de Bolonha, próximas do céu

Torres de Bolonha são várias, mas uma em especial chama a atenção dos visitantes da bela cidade Emilio Romana: a torre Asinelli. Ao lado da torre, outra menor, a Garisenda, e também chamativa, faz compartilha o cenário da cidade.

Torres de Bolonha, próximas do céu
(Foto: Denis Renó).

As torres de Bolonha, Asinelli e Garisenda, são símbolo da bela cidade.

Com 97,2 metros de altura, a torre dos Asinelli foi construída entre 1109 e 1119 pela família Asinelli. Entretanto, pela grossura das paredes a torre deveria ter, originalmente, mais uns 25 metros. A cúpula que hoje existe foi reconstruída, reduzindo-a aos 97,2 metros atuais. Com 1,3 graus de inclinação a partir do eixo vertical, é a torre inclinada mais alta da Itália.

O post de hoje fala sobre a principal das torres de Bolonha, que possui outras mais, assim como a vista da cidade vermelha pelo topo da mesma. Seus 498 degraus, bastante íngremes e em alguns casos estreitos, justificam a vista e o passeio inesquecível que é chegar no topo. Afinal, não é toda cidade que pode ser observada de tal maneira. Roma mesmo, com toda a sua beleza, não possui uma Asinelli para encantar aos olhos dos visitantes.

Torres de Bolonha, símbolo de riqueza

Construir torres em Bolonha, na Idade Média, significava riqueza. Na época, a cidade contava com mais de 100 torres. Entretanto, as famosas torres de Bolonha, Asinelli e Garisenda (a menor, com 47 metros), se destacam entre todas as 21 que restaram na cidade. Logo na entrada, o convite ao passeio por uma das torres de Bolonha salta aos olhos.

Entretanto, subir pelos degraus da torre não é uma tarefa tão fácil assim. Com degraus de madeira, inclinados e em diversos casos bastante estreitos, subir é um exercício de equilíbrio. Bom, os 498 degraus também fazem da mais inclinada das torres de Bolonha um desafio de resistência física.

A torre irmã

Garisenda é o nome da torre vizinha. Construída entre 1109 e 1110 pela rica família Garisenda, a torre possuía, inicialmente, 60 metros. Entretanto, como a construção não recebeu investimento suficiente em sua fundação, a torre afundou. Hoje, conta com apenas 47 metros de altura e pode ser vista por cima da Torre Asinelli.

Mas o divertido de subir nessa torre é poder observar uma cidade vermelha, pela cor de suas construções, de outra maneira. As duas principais torres de Bolonha serviram, inclusive, como ponto de observação durante a Segunda Guerra Mundial. E as observações não se limitam ao topo. Durante a subida, várias janelas oferecem ao visitante imagens inesquecíveis.

A subida foi difícil, ainda mais no meu caso, que saía de um processo pós-operatório. Mas eu subiria tudo de novo, mesmo depois de uma pedalada pela cidade. E se você está interessado em conhecer as torres de Bolonha, é bom correr. Afinal, elas afundam e inclinam a cada dia.

Um comentário sobre “Torres de Bolonha, próximas do céu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s